Cresça Agro

Brasil produz 36% do café mundial

Brasil lidera o ranking mundial de produção, mais de 1/3 do café consumido no mundo é produzido aqui.

“Mais de 1/3 do café consumido no mundo é produzido no Brasil. País lidera o ranking mundial de produção”

De acordo com levantamento da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), o Brasil vai produzir 58,04 milhões de sacas de café em 2018. O volume representa 36% da produção mundial de sacas de 60 kg no período, estimada em 160 milhões de sacas. No comparativo da espécie arábica, a produção brasileira será de 44,33 milhões de sacas ante os 97,43 milhões de sacas do total mundial. Em relação ao conilon, serão 13,71 milhões de sacas produzidas pelo Brasil e 62,24 milhões de sacas em escala mundial.

Para realizar a comparação da produção brasileira com a do restante do planeta, a OIC (Organização Internacional do Café) considerou o ano cafeeiro, de outubro a setembro.

A área atualmente em produção no Brasil corresponde a 1,88 milhão de hectares, com produtividade média recorde: 30,86 sacas por hectare, segundo estimativa da CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento).

O estudo completo é parte do 2º Levantamento da safra de Café de 2018, disponível no Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.

O ciclo de alta bienalidade, sobretudo em lavouras da espécie arábica, as condições climáticas favoráveis e a melhoria do pacote tecnológico, principalmente de variedades mais produtivas, justifica essa alta produtividade, na avaliação da CONAB. A Companhia analisa ainda que, para o café conilon, “em praticamente todos os estados onde predomina o cultivo, a expectativa é de produtividades superiores à safra anterior em razão das melhores condições climáticas durante o desenvolvimento das lavouras”. Em relação ao arábica, “essa espécie, mais influenciada pelo ciclo bienal, entrará este ano num novo ano de bienalidade positiva. (…) Isso é uma característica natural dessa cultura perene, ocasionada pelo esgotamento da planta, uma vez que, no ano negativo, ela se recupera para produzir melhor no ano subsequente. A estimativa é que a produtividade atinja 29,45 scs/ha, aumento de 27,4% em relação ao ano anterior”.

Ranking nacional e mundial da produção de café

O principal estado brasileiro produtor de café é Minas Gerais (30,7 milhões de sacas ou 53% do total nacional). Em seguida vêm: Espirito Santo (12,81 milhões de sacas/22%); São Paulo (6,07 milhões de sacas/10%); Bahia (4,5 milhões de sacas/8%); Rondônia (2,19 milhões de sacas/4%) e Paraná (1,05 milhão/2%).

Os dados atuais da CONAB e da OIC possibilitam a elaboração do ranking mundial. O Brasil lidera a produção global de café com 58 milhões de sacas ou 36% do total produzido. O Vietnã aparece em segundo lugar, com 29,5 milhões (18%), seguido por Colômbia, com 14 milhões de sacas (9%); Indonésia, com 12 milhões de sacas (8%); Honduras, com 8,3 milhões de sacas (5%); e Etiópia, com 7,7 milhões de sacas e 5% da escala mundial.

Consumo mundial de café será maior que produção

Em 2018, o mundo vai consumir mais café do que o volume total de produção. No relatório sobre mercado, divulgado em abril, a OIC aponta que o consumo vai alcançar 159,92 milhões de sacas, ou seja, 254 mil sacas a mais do que o total produzido. Significa que mais de 1/3 do café consumido no mundo sai do Brasil.

Clique aqui e descubra 10 curiosidades sobre o agronegócio no Brasil.

Rodapé 01

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s